Sonho de Herói

Espetáculo Sonho de Herói estreia dia 15 de janeiro no Teatro Viradalata

Com texto de Leonardo Cássio, direção de Débora Dubois, músicas e direção musical de Gustavo Kurlat e os atores Érika Altimeyer, Flávia Strongolli, Márcia de Oliveira, Thomas Huszar e Vanessa Campanari no elenco, o espetáculo infantojuvenil Sonho de Herói estreia em São Paulo no Teatro Viradalata dia 15 de janeiro de 2022. 

Após ir ao cinema, Cauã mostra todo seu encantamento com as personagens corajosas e destemidas do filme que acabara de assistir. Em seu quarto, um pouco antes de dormir, ele revela o sonho de conhecer algum super-herói e, então, é acordado pelo Curupira. Cauã descobre que o Curupira, a Caipora, a Alamoa e a Matinta Pereira combatem sérios problemas sociais. E, mais do que isso, que possuem poderes, sendo figuras tão incríveis quanto as do filme. O que Cauã não sabe mais é se aquilo tudo é um sonho ou não.

Leia também: Porta Dos Fundos: Vazam os nomes dos novos integrantes

O autor Leonardo Cássio conta que folclore é um tema, ao mesmo tempo, importante e estranho ao brasileiro. “O senso comum enxerga o folclore como algo distante, sendo que ele se constrói no dia a dia, nas calçadas, nas praias, nos parques, nas padarias, nas comunidades, nas escolas. A oralidade que sustenta o folclore é confundida com mentira. Quem nunca ouviu ‘mas isso aí é folclore, nem existe’? O folclore existe, cria e se recria nas conversas diárias. A ideia de Sonho de Herói é apresentar as lendas dos folclores brasileiros (sim, no plural) de uma maneira menos estereotipada, buscando aguçar no público infantojuvenil um olhar mais  profundo sobre sua cultura, mas com muita fantasia e diversão”

A direção de Sonho de Herói

Sobre a direção, Débora Dubois traz o encantamento para o palco. “O figurino de Márcio Vinicius deixa o rosto dos atores à mostra com os personagens estampados em seus peitos e a manipulação é feita pelo próprio ator. E, para além da luz do teatro no palco, cada personagem tem a sua luz própria, ou seja, eles se auto-iluminam. Gustavo Kurlat, que assina a trilha sonora e direção musical, trouxe uma melodia de cada região do Brasil para as canções do espetáculo”, completa. 

Compartilhe: