Gonzaguinha - O Eterno Aprendiz

Musical sobre Gonzaguinha segue em cartaz no mês de fevereiro

O musical Gonzaguinha: O Eterno Aprendiz é um sucesso desde a sua estreia lá em 2008 no interior de Minas Gerais, mais especificamente em Itajubá. E atualmente, segue sendo o mesmo sucesso. Por conta disso o musical ainda fica em cartaz aos sábados do mês de fevereiro no Teatro Vannucci no Shopping da Gávea no Rio de Janeiro. Sempre às 21h.

O ator Rogério Silvestre que é o responsável por dar vida à Gonzaguinha no musical, falou sobre o sucesso da peça.

“Está sendo muito gratificante estarmos em temporada no Shopping da Gávea com nosso musical em homenagem ao Gonzaguinha. Temos recebido semanalmente pessoas que nunca tinham ouvido falar do nosso espetáculo e tantas outras que nos assistiram em temporadas passadas… Muitas vezes reconheço as fãs na plateia e outras vezes elas fazem questão de cantarem juntas e. até mesmo, repetirem o texto do espetáculo, antes de mim. Tenho fãs que viraram amigas e que já assistiram mais de 40 vezes o nosso musical. […] Apesar da dificuldade em atrairmos o público para o Teatro nesse momento de pandemia, sabemos que o Teatro é muito seguro. […] Muito mais seguro que ir ao supermercado, ao banco, andar de ônibus ou metro. […]

Para entrar no teatro é obrigatório a apresentação do comprovante de vacinação, a utilização de mascaras durante toda apresentação, as poltronas do teatro estação com distanciamento uma das outras e muito álcool gel nas mãos. […] Tudo isso para recebermos nosso público com toda a segurança possível…o público precisa saber disso pra voltar ao teatro com mais tranquilidade.”

Sobre o Musical Gonzaguinha: O Eterno Aprendiz

Que Gonzaguinha foi um dos maiores compositores e intérpretes brasileiros, não é segredo para ninguém. O musical conta então a história dele, que nos deixou há 30 anos. O ponto de partida são as ferramentas que foram as suas de trabalho. A música e a palavra.

No palco, Rogério Silvestre dá vida à Gonzaguinha interpretando um texto poético que passeia por toda a vida do cantor e compositor. Como por exemplo, a infância dele no Morro de São Carlos – RJ e os primeiros passos na carreira musical. Além dos embates na época da ditadura militar e claro a relação um tanto quanto conflituosa com o pai, o rei do Baião – Gonzagão.

Leia também: Segunda semana de jogos da Copa dos Campeões de CS:GO define os classificados para os playoffs

O espetáculo conta com o ator Rogério Silvestre – como dito acima – além da cantora Roberta Ribeiro e os músicos Hallison Max na guitarra, Cacá Franklin na percurssão, Aurélio Duarte no baixo e Miguel Contrucci na bateria.

As 16 canções apresentadas pelo próprio Gonzaguinha que compõe o espetáculo são: “Explode Coração”, “Recado”, “Começaria Tudo Outra Vez”, “Moleque”, “Sangrando”, “O Que é o Que é?”, “Ponto de Interrogação”, “Eu Apenas Queria Que Você Soubesse”, “Com a Perna no Mundo”, “Grito de Alerta”, “De Volta ao Começo”, “Palavras”, “É”, “Diga Lá, Coração”, “Espere por  Mim, Morena” e “Vamos à Luta”.

Compartilhe: