Desenvolvido por Investing.com

Copa do Mundo 2026: Fifa anuncia cidades sede

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Copa do Mundo 2026
Foto: Camilo Pinheiro Machado

No início da noite de ontem, a Fifa anunciou quais serão as cidades que receberão jogos do mundial em 2026. Pela primeira vez, o campeonato será dividido entre 3 países. Vale lembrar que a copa do mundo deste ano, acontece no segundo semestre e no Catar.

Em 2026, o mundial passará por Estados Unidos – sendo 11 cidades inclusas, Canadá – com 2 e México – com três cidades inclusas. No total são 16 cidades sede. E é de suma importância ressaltar que este será o primeiro mundial à receber 48 seleções para disputar o título.

Confira as cidades abaixo

  • Canadá: Vancouver e Toronto
  • Estados Unidos: Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova York
  • México: Guadalajara, Monterrey e Cidade do México

Durante a transmissão, o presidente da FIFA falou sobre o maior desafio da copa do mundo em questão – a distância entre as cidades sede do evento. “Vamos tentar organizar a Copa de um jeito que as seleções e os fãs não tenham que viajar muito. No momento oportuno vamos decidir o local da abertura e o palco da final.”, afirmou Gianni Infantino.

Porque a Copa do Mundo de 2026 será tão diferente do habitual?

Aqui vai uma explicação para você leitor(a), do porque a próxima copa do mundo será tão diferente do que estamos habituados a assistir. Para começar, é a primeira vez que o maior campeonato de futebol do mundo acontecerá simultaneamente em 3 países diferentes, e que contará com 48 seleções ao invés de 32.

Além disso, será a primeira edição a contar com 80 partidas, ao contrários das 64 que também estamos habituados a assistir. Até a copa do mundo deste ano, os times são divididos em 8 grupos com 4 seleções cada, após a primeira fase, apenas os dois melhores de cada grupo avançam para as fases finais da disputa.

Leia também: Tiago Leifert narrará jogos da Copa do Mundo pela Globoplay

Em 2026, com 16 seleções a mais, o esquema muda bastante. A começar da disputa pelas vagas no mundial. Serão 16 times da Europa, 9 da África e mais um da repescagem, 8 da Ásia e mais um pela repescagem, 6 da América do Sul e mais um através da repescagem, 6 da América do Norte e mais um por repescagem e por fim 1 time da Oceania.

Então as 48 seleções serão divididas em 16 grupos com 3 seleções cada, e jogam todos contra todos. Os dois melhores de cada grupo avançam para a próxima fase que começa um jogo antes das oitavas de final. As seleções que chegarem à Semifinal da Copa do Mundo continuarão tendo disputado 7 partidas cada. E quem for eliminado na primeira fase, terá disputado apenas 2 partidas, ao invés das 3 que estamos habituados a assistir até então. As eliminatórias com certeza serão reformuladas, mas organização ficará a cargo de cada confederação continental.