Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Empreendedorismo

Com recursos sofisticados, mídia programática chega mais acessível às PMEs

Mídias Pragmáticas
Foto: Reprodução Internet
Listen to this article

A mídia programática tem evoluído rapidamente com o desenvolvimento de tecnologias e ferramentas de automação para a compra e otimização de anúncios online. Tornou-se determinante na maioria dos orçamentos de publicidade digital, por sua escala, eficiência na segmentação, além de alta rentabilidade. Agora, deve entrar em um novo momento.  

Até aqui, a técnica programática estava mais acessível às grandes marcas anunciantes, que contam com o suporte de agências e orçamentos expressivos. Mas esse cenário tende a mudar, com o barateamento de tecnologias, serviços e a disseminação de conhecimento de estratégias de propaganda automatizada. Com isso, ela deve passar a fazer parte da realidade de pequenas e médias empresas. Um cenário que deve ajudar empreendedores, em meio à crise provocada pela pandemia de Coronavírus.

 “O modelo hoje mais acessível e praticado é bastante intuitivo, feito diretamente nas plataformas de Google Adwords e Facebook Ads, diminuindo a performance das campanhas, se considerarmos taxa de conversão e custos”, analisa Bruno Bocchi, fundador e CEO da Gnet, ad tech, um spin off da agência Grumft, agência da mídia programática, também liderada por ele. 

Segundo Bocchi, a Gnet está introduzindo para um novo segmento de mercado um modelo mais rico em possibilidades, com otimização baseada em inteligência artificial, Big Data. “O que começamos a entregar para as PMEs é resultado da experiência de seis anos de atuação da Grumft, na criação e otimização de grandes campanhas, acesso a inventários qualificados, associados à inteligência de dados”, diz. 

Propaganda. Role a tela para continuar lendo.

A Gnet, de acordo com o especialista, consegue entender a jornada de navegação e a intenção de compra de usuários na internet, que passam pelos sites conectados à plataforma. “A mídia efetiva hoje é mídia com dados, mídia orientada pelos comportamentos. Ela, finalmente, chegou aos pequenos e médios empreendedores”, ressalta.

Leia também: Globo – Sony Music Entertainment Celebra Contrato Para Aquisição Da Som Livre

Uma das tecnologias disponibilizadas pela Gnet é a DSP (Demand Side Platform), que são plataformas que ajudam e otimizam a compra de mídia digital. Ela ajuda na aplicação de orçamentos, buscando sempre obter o melhor retorno sobre o investimento (ROI), na compra de inventário de diversos de publishers. A DSP seleciona automaticamente quais impressões representam o melhor custo-benefício, de acordo com os objetivos de uma campanha e a audiência que se pretende alcançar, tornando o processo mais barato e eficiente. 

Propaganda. Role a tela para continuar lendo.

Soluções de DSP alcançam as cerca de 15 milhões de PMEs, número de empresas estimado pelo Sebrae. Uma parte considerável deste total, ainda não medida, já aplica técnicas de publicidade online e demonstra potencial para atuar com a plataforma da Gnet. “Uma real oportunidade de aceleração dos negócios”, finaliza Bruno Bocchi.

 Sobre a Gnet

Gnet é uma ad tech, um spin off da Grumft, agência criada em 2015. A empresa é uma das investidas do fundo Seastorm, especializado em tecnologia, mídia e games. Lidera a democratização das soluções de mídia programática no Brasil, com funcionalidades premium, de baixo custo, que envolvem utilização de dados, inteligência artificial, brand safe e banner creator.

Propaganda. Role a tela para continuar lendo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também